Home O Piloto Palmarés Multimedia Noticias Calendário E-Mail
Assalto a Le Mans começa em Sebring, nos EUA     (11 Março 2008)  
Pedro Lamy confiante no primeiro embate com a concorrência
Pedro Lamy está de volta à competição ao mais alto nível. O piloto português encontra-se em terras do Tio Sam, onde no próximo sábado disputa as 12 Horas de Sebring, prova a contar para o American Le Mans Series. É o regresso do campeão de resistência às corridas, desde que conquistou o título do Le Mans Series, em Novembro passado, no Brasil. Após os intensivos testes de Inverno, a Peugeot apresenta-se nesta prova com um melhorado 908 HDi-FAP, pilotado por Lamy e os franceses Nicolas Minassian e Stephane Sarrazin.
“É bom estar de volta ao ambiente das corridas. É uma adrenalina óptima, que nos deixa altamente motivados para este arranque de temporada”, começou por afirmar Pedro Lamy, traçando os objectivos da formação gaulesa para este evento: “Vamos acima de tudo testar a fiabilidade do carro. Já o testámos neste circuito e em termos de afinações não prevejo problemas de maior. Falta ver qual o seu comportamento em corrida. Apesar desta prova não fazer parte do nosso calendário, é uma das mais importantes do ALMS e queremos deixar uma óptima imagem, principalmente porque se trata do primeiro confronto com a Audi desde as 24 Horas de Le Mans. O objectivo passa primordialmente por nos prepararmos para essa corrida.”
Este é, de facto, um dos grandes atractivos desta prova na Florida, pois os dois gigantes vão ter os seus diesel a tentar marcar, desde já, uma posição forte para o que irá acontecer no campeonato LMS. “É possível que dê uma ideia do que poderá acontecer no futuro. Acredito que vai ser uma luta bastante interessante e que deverá proporcionar um bom espectáculo a todos que assistam à corrida”, referiu Lamy.
Pedro Lamy guarda boas recordações deste local, pois na sua última presença em Sebring conquistou o segundo lugar da categoria GT1, aos comandos de um Aston Martin, batendo o recorde da pista norte-americana: “É um circuito que me agrada, pese embora ter algumas zonas com bastantes irregularidades no piso. Desta vez vou ter um carro ainda mais rápido e a dificuldade também aumenta por isso, pois vamos ter de fazer muitas ultrapassagens numa pista que não é muito larga.”
No primeiro dia de testes livres, segunda-feira, a equipa de Pedro Lamy mostrou-se a mais forte em pista, estabelecendo o melhor tempo, com 1m 43,302s, com Sarrazin a deixar o primeiro Audi R10 TDI a 1,672 segundos. “É um bom sinal mas ainda falta muito até começarmos a corrida. A nossa vontade é ganhar sempre, mas o desejo de todos é que possamos andar bem, rápidos, e com o mínimo de problemas. Isso já seria muito bom”, concluiu Pedro Lamy.
Sublinhe-se que as emoções desta corrida do ALMS podem ser seguidas em Portugal através do canal de cabo Motors TV, estando a programação disponível em www.motorstv.com.
Versão zip  
o piloto
palmarés
multimédia