Home O Piloto Palmarés Multimedia Noticias Calendário E-Mail
Corrida de Pedro Lamy durou apenas duas horas em Spa     (11 Maio 2008)  
Acidente acaba com expectativas do piloto português
O que se encaminhava para ser mais um óptimo fim-de-semana para Pedro Lamy, acabou numa fracção de segundo por tornar-se num dia para esquecer para o piloto português. Depois de ter conquistado a pole-position para os 1000Km de Spa-Francorchamps e de ter liderado as primeiras duas horas de corrida, Lamy cedeu os comandos do Peugeot 908 HDi FAP a Alexander Wurz e viu, impotente, da boxe, o austríaco ser abalroado por um adversário, quando este se preparava para ultrapassar um dos carros da Audi.

O 908 HDi FAP número oito da Peugeot ficou bastante maltratado em resultado do acidente, felizmente sem consequências físicas para Wurz, mas foi impossível retomar a corrida. “Estamos muito desiludidos. Tínhamos criado todas as condições para vencer aqui, mas mais uma vez um carro mais lento atirou-nos para fora de prova. Já é a segunda vez que isto nos acontece este ano [a primeira foi em Barcelona] e parece que a sorte não está mesmo connosco”, começou por referir Lamy, explicando os momentos que antecederam o acidente: “Quando parei nas boxes para dar lugar ao Wurz, um mecânico acidentalmente tocou num botão e o carro ficou com um problema de ignição. Perdemos ali uns segundos e o Wurz entrou em pista determinado em recuperar o primeiro lugar. Estava a andar muito bem e quando se preparava para passar o Audi, um dos Spyker GT2 intrometeu-se, acertou no nosso carro, que acabou por embater forte no muro. O Alex ficou muito desapontado pois tinha andado apenas meia dúzia de voltas.”

Pedro Lamy não escondeu o facto deste acidente ter dificultado as aspirações de revalidar o título da Le Mans Series: “Sem conseguir somar pontos nesta prova fica muito complicado pensar no título, mas faltam ainda dois eventos e não vamos baixar os braços, acreditando que com trabalho ainda é possível rectificar a nossa classificação.”

Quanto ao tempo em que o 908 HDi FAP teve em pista, Pedro Lamy refere que o carro “não apresentou quaisquer problemas” e que isso o deixa ”confiante no trabalho desenvolvido” para as 24 Horas de Le Mans, a próxima prova oficial em que a Peugeot Sport vai estar envolvida: “Vamos ter tempo ainda para mais um teste e depois entramos em contagem decrescente para as 24 Horas.”

Apesar do incidente com o carro de Lamy/Sarrazin e Wurz, a equipa Peugeot teve razões para celebrar, pois o carro numero sete, tripulado por Marc Gene, Nicolas Minassian e Jacques Villeneuve acabou por vencer os 1000Km de Spa, batendo por mais de 30 segundos o Audi R10 n.º2 e três voltas o Oreca n.º6.

Classificação na versão zip

Versão zip  
o piloto
palmarés
multimédia