Home O Piloto Palmarés Multimedia Noticias Calendário E-Mail
Pedro Lamy mostra versatilidade em carros diferentes     (13 Outubro 2008)  
Piloto de mãos ocupadas com três carros em sete dias
A vida de Pedro Lamy fora de pista corre quase à mesma velocidade com que o melhor piloto português conduz o seu Peugeot 908 HDi-FAP na recta de Hunaudières, em La Sarthe. Ainda este fim-de-semana Lamy foi convidado especial da equipa Hexys Racing na derradeira prova do campeonato Francês de GT e hoje e amanhã já se encontra a trabalhar no projecto das 24 Horas de Le Mans. Para no próximo fim-de-semana ser uma das estrelas presentes no Mundial FIA GT.

Mas vamos por partes: em Magny-Cours, Lamy pilotou um espectacular Ferrari 550 Maranello com Phillipe Duma, também team manager da Hexys, até ao quinto lugar final. “Foi óptimo regressar a este carro, que já tinha conduzido em 2004 e 05. Tivemos uma corrida interessante e podíamos ter acabado no pódio, mas quando estávamos nessa luta a corrida terminou com bandeiras vermelhas. Diverti-me e só foi pena não termos acabado melhor classificados, mas este carro tem algumas limitações comparado com os Saleen e os Corvette”, disse.

Lamy ficou em França e hoje e amanhã está dedicado à sua equipa oficial, numa importante sessão tendo em vista a temporada de 2009. “Trata-se de um teste fundamentalmente para começarmos a preparar as coisas para as 24 Horas de Le Mans e para o campeonato. O objectivo é evoluir o carro e observar como se comportam as alterações que temos previstas”, refere Lamy, reconhecendo não ter ainda assinado contrato para 2009, mas esperando fazê-lo em breve: “É esse o meu objectivo. O meu contrato é válido até ao final deste ano, mas a Peugeot tem opção sobre ele e espero que o faça até lá. Estou tranquilo em relação a esse assunto.”

Depois de terminar estes testes e de uma breve passagem por Portugal, Lamy volta a arrumar a mala e a partir, desta feita para Zolder, onde se realiza a penúltima prova do Mundial FIA GT. O convite não podia ser mais honroso e Lamy vai estar ao volante do Maserati MC12 verde e preto da Vitaphone Racing Team, tri-campeã em título.

“Fiquei muito contente com este convite pois trata-se de uma equipa de topo, onde o profissionalismo é elevado e as responsabilidades também. Já conheço bem a equipa liderada por Malte Bongers, pois também fiz uma prova por eles em 2007, e como este ano estão de novo na frente da classificação e esta é a última prova na Europa [a última é na Argentina] a pressão vai ser grande. Mas são esses desafios que adoro”, concluiu Lamy.

Versão zip  
o piloto
palmarés
multimédia