Home O Piloto Palmarés Multimedia Noticias Calendário E-Mail
Pedro Lamy termina prova do ALMS em quarto     (22 Maio 2006)  
Mid-Ohio não deixa grandes saudades ao piloto português
Nem sempre ser o mais rápido é sinónimo de vitória. Parece uma contradição mas Pedro Lamy viveu este fim-de-semana a experiência de terminar no quarto lugar a terceira prova do American Le Mans Séries, mesmo depois de ser o piloto mais rápido na pista de Mid-Ohio.

Ao volante de um Aston Martin oficial, o piloto português não foi feliz neste seu regresso ao continente norte-americano, debatendo-se com algumas dificuldade que o impediram de manter o segundo lugar no campeonato GT1, terminando a prova no quarto posto da sua classe.

“Não foi uma boa corrida para nós. Apesar de estarmos a progredir, principalmente no que diz respeito aos pneus e as escolhas para cada sessão, a verdade é que os restantes concorrentes (Corvette) estão muito fortes e levam alguma vantagem, pois estão muito bem adaptados a este tipo de circuitos e alcatrão”, reconheceu Pedro Lamy.

De nada valeu ao piloto português com o carro número 009 ter estabelecido a volta mais rápida e ser o piloto que atingiu a mais alta velocidade em GT1: “O carro tinha tendência para fugir de traseira e tivemos de ser prudentes na nossa condução, mas mesmo assim a diferença não era assim tão significativa no início da corrida. É sempre bom podermos mostrar as nossas capacidades em pista e demonstrar que podemos ser tanto ou mais competitivo que os outros, mas ser o mais rápido em pista e depois não estar no pódio não é nada agradável, pois partimos para esta corrida com os objectivos bem traçados. Queríamos ter vencido e, pelo menos, manter a nossa posição à geral. Não o conseguimos mas não vamos desistir. Temos de continuar a trabalhar muito e esperar que a próxima etapa nos corra melhor.”

Pedro Lamy e o seu companheiro de equipa, Stephane Sarrazin, foram ainda infelizes com as sucessivas entradas do Pace-Car, em especial com uma que os fez perder o contacto com os seus adversários: “Depois de um acidente fui ultrapassado Porsche protótipo que liderava a prova à geral. O Safety-Car entrou imediatamente à nossa frente e em vez de colarmos ao pelotão e nos aproximarmos dos da frente, eles tiveram a pista livre para ficarem atrás de nós com quase uma volta de avanço. Aí ficou traçado o nosso destino. Foi pena, mas são coisas que acontecem nas corridas de automóveis e agora só temos de esperar que venha a próxima para tentar rectificar a nossa imagem.”

Classificação do campeonato GT1 (provisória): 1.º Olivier Gavin/Olivier Beretta (Corvette C-6R), 66 pontos; 2.º Ron Fellows/Johnny O’Connell (Corvette C6), 48; 3.º Tomas Enge/Darren Turner (Aston Martin DBR ), 45; 4.º Pedro Lamy/Stephane Sarrazin (Aston Martin DBR9), 42.

 
Versão zip  
o piloto
palmarés
multimédia