Home O Piloto Palmarés Multimedia Noticias Calendário E-Mail
Pedro Lamy confiante para as 24 Horas de Le Mans     (10 Junho 2006)  
Sétima participação do piloto português na mítica prova de resistência
Falta menos de uma semana para terem início as 24 Horas de Le Mans, a corrida de resistência mais mediática e importante do Mundo. Pedro Lamy vai, novamente, marcar presença no traçado de La Sarthe, defendendo as cores de Portugal aos comandos do Aston Martin DBR9 da equipa oficial.

“Estou muito motivado e as indicações que temos é que podemos fazer uma boa corrida. É claro que Le Mans é uma prova longa e muita coisa pode acontecer. O nosso objectivo é tentar andar o mais rápido possível e minimizar qualquer tipo de problemas que possam vir a existir. Para além das qualidades que os pilotos colocam em pista é fundamental que o carro corresponda na mesma medida. Caso contrário é esforço é infrutífero”, começa por afirmar Lamy, que naturalmente considera esta “a mais importante corrida do ano”.

“Em termos de empenho e trabalho de todos os membros da equipa, não há nada diferente de outra qualquer prova. Na Aston Martin tentamos estar sempre o melhor preparado possível, com o sentido de tentar obter vitórias. Agora a mediatização e tudo à volta da corrida em si é que assume outras dimensões. No fundo é mais um acréscimo de motivação para quem disputa esta prova”, acrescenta Pedro Lamy que este ano participa pela sétima vez nas 24 Horas de Le Mans. Este ano a prova tem ainda mais destaque, pois cumprem-se 100 anos de existência do Automobile Club de l'Ouest, organizador desta mítica prova.

Pedro Lamy vai estar ao volante do seu Aston Martin oficial 009, tendo como companheiros de equipa os franceses Stephane Sarrazin e Stephane Ortelli. Um conjunto que só por si revela enormes potencialidades para bater os Corvette e os Ferrari neste traçado que requer enormes atenções por parte dos pilotos:
“A experiência para correr em Le Mans é muito importante. Os pilotos têm de estar sempre muito concentrados para não cometer nenhum erro. Temos de nos habituar à condução diurna e nocturna, muitas horas consecutivas com pouco descanso e estar sempre atentos às dezenas de ultrapassagens que acontecem. Não só as que fazemos, mas também quando os protótipos mais rápidos passam por nós. É uma condução diferente pois exige que estejamos sempre a olhar para o retrovisor.”

Nos testes realizados no passado dia 4, a equipa oficial Aston Martin conseguiu os dois primeiros lugares da sessão, batendo toda a concorrência. Será este um indicador do que se irá passar na corrida? “É sempre bom podermos ser rápidos e mostrar a nossa competitividade. A sessão não tinha como objectivo andar mais rápido, mas acertar setups para a corrida. Conseguimos aliar as duas coisas e foi bastante produtivo. Mas isto foi apenas um teste e não sabemos com que perspectiva é que os nossos adversários encararam o teste. Por isso não podemos tirar grandes ilações. Vamos sim esperar para ver o que acontece.”

Para esta corrida, a equipa Aston Martin decidiu trocar os seus habituais pneus Pirelli por pneumáticos da Michelin. Uma mudança pontual, que Pedro Lamy explica: “Vamos continuar com a Pirelli nas futuras corridas porque estamos a desenvolver um bom trabalho com eles. Mas para Le Mans entendeu-se que seria melhor optar por uma marca com mais experiência neste traçado, de forma a estarmos neste capítulo ao mesmo nível que os nossos principais adversários, que usam Michelin”.

 
Versão zip  
o piloto
palmarés
multimédia