Home O Piloto Palmarés Multimedia Noticias Calendário E-Mail
Pedro Lamy de regresso ao campeonato FIA GT     (26 Julho 2007)  
Piloto português vai disputar as 24 de Spa-Francorchamps
Pedro Lamy está de regresso ao Campeonato do Mundo FIA GT. Envolvido no projecto de desenvolvimento do Peugeot 908 HDi FAP, que passa pela participação no Le Mans Series, Pedro Lamy tem declinado vários convites para participar em outras competições, mas agora surge a oportunidade de estar presente numa das mais importantes corridas da Europa, as 24 Horas de Spa, prova rainha do Mundial FIA GT.

“O programa de testes e corridas da Peugeot não me tem permitido disputar outras corridas. Temos estado concentrados no desenvolvimento do 908 e isso é o mais importante. Mas já havia desde há algum tempo um convite da Vitaphone para participar numa prova com um carro deles e agora essa oportunidade surgiu uma vez que não tenho corridas do Le Mans Series nesta altura”, começou por explicar Pedro Lamy.

O piloto nacional, que esteve no Autódromo do Estoril até hoje (quinta-feira) a testar o diesel da Peugeot com que recentemente se classificou em segundo lugar nas míticas 24 Horas de Le Mans, vai estar na Bélgica, já este fim-de-semana, aos comandos de um Maserati MC12 da equipa Vitaphone, o qual já teve ocasião de testar recentemente nas Ardenas. Lamy vai ter como companheiros de equipa, o também ex-F1 Eric van de Poele, o patrão da escudeiria, Michael Bartels e o italiano Thomas Biagi.

Esta equipa de origem alemã, que o ano passado mostrou ser bastante competitiva, conquistando a vitória, contará com um segundo carro, onde estará o também português Miguel Ramos, que fará equipa com o ex-campeão do FIA-GT Matteo Bobbi, Christian Montanari e Stephane Lémeret. “O objectivo é lutar de novo pela vitória mas numa corrida de 24 horas é impossível atribuir triunfos antecipados, mesmo numa equipa tão profissional como esta. Já andei com o Maserati e pareceu-me um carro bastante interessante de pilotar, com as naturais diferenças para o 908, que é um protótipo. É mais pesado, trava-se mais cedo e curva-se mais devagar porque há menos apoio aerodinâmico”, acrescentou Lamy, referindo que o circuito de Spa, além de “fantástico” é sempre “inconstante meteorologicamente” pelo que a concentração em pista “tem de ser redobrada”.

Esta não será a primeira vez que Pedro Lamy vai estar ao volante do espectacular MC12 em corrida, pois em 2006 o piloto luso obteve uma vitória nas 6 horas de Vallelunga, Itália, na sua estreia, na altura no carro da italiana Racing Box. Agora a corrida será de 24 Horas, um modelo que agrada a Lamy: “Pessoalmente considero estas provas muito interessantes pois há sempre vários factores a ter em conta para se conseguir vencer. Depois há o aliciante da condução à noite, algo que me atrai bastante, ainda para mais num circuito como o Spa. São provas mais trabalhosas mas mais saborosas.”

Versão zip  
o piloto
palmarés
multimédia