Home O Piloto Palmarés Multimedia Noticias Calendário E-Mail
Pedro Lamy sai da primeira linha da grelha em Silverstone     (15 Setembro 2007)  
Com o título do LMS à vista, o objectivo principal é pontuar
Pedro Lamy e Stephane Sarrazin conseguiram hoje o segundo melhor tempo na sessão de qualificação para os 1000 kms de Silverstone, quinta e penúltima etapa do campeonato de resistência Le Mans Series. Coube ao piloto português a tarefa de qualificar o Peugeot 908 HDi FAP no traçado inglês, tendo Lamy cumprindo os 5,141 quilómetros em 1m 32,168 segundos, apenas mais 0,476 segundos do que o primeiro, o outro 908 HDi da Peugeot, pilotado por Marc Gene e Nicolas Minassian.

“Não tivemos grandes problemas durante as sessões livres, onde cheguei a ser o mais rápido [na 3.ª sessão], mas na qualificação os nossos companheiros de equipa acabaram por ser mais rápidos, o que prova bem o equilíbrio de forças existente dentro da equipa Peugeot”, começou por explicar Pedro Lamy, que ainda assim podia invocar o ligeiro desequilíbrio na direcção assistida logo na primeira curva da volta lançada para justificar os milésimos de segundos perdidos.

Para a corrida de amanhã, que tem início marcado para as 12 horas, Pedro Lamy vai tentar alongar o adágio popular “não há duas sem três”. Depois de ter vencido com enorme classe e sem qualquer contestação as derradeiras três corridas do LMS, o piloto português pretende conquistar uma quarta vitória consecutiva nos 1000 Kms de Silverstone, algo que lhe garantiria imediatamente a conquista do prestigiado campeonato de resistência.

“Em quatro corridas temos outras tantas vitórias, três delas conseguidas por mim e pelo Sarrazin. A estratégia não muda agora que nos aproximamos do final do campeonato. Eu só sei correr para ganhar. É isso que me motiva. Temos a oportunidade de conquistar o LMS já este fim-de-semana mas isso não nos preenche o pensamento. Queremos fazer mais uma boa corrida e ter consciência de que o mais importante é pontuar e ficar à frente da equipa Pescarolo. Se pudermos vencer óptimo, a felicidade é redobrada, mas se houver alguma altura em que tenhamos de gerir a prova não há qualquer problema pois somos os principais candidatos à vitória do LMS ”, explicou Lamy, revelando que os problemas de sobreaquecimento das rodas traseiras não se fizeram sentir até ao momento, mas que constituem o principal motivo de preocupação da escudeira.

A participação de Pedro Lamy pode ser acompanhada em Portugal, na íntegra e em directo, a partir das 11h45, através do canal por cabo Motors TV.

Versão zip  
o piloto
palmarés
multimédia